Pages

Subscribe Twitter Facebook

sábado, 17 de março de 2012

Como se tudo fosse flores

    Uma coisa é certa.Temos que aprender a conviver com os tropeços, com as derrotas e com as decepções. Só não podemos nos acomodar. A partir de cada tropeço, de cada derrota e de cada decepção é necessário que criemos um tipo de defesa, como se fosse um "anticorpo" para não mais vacilarmos outra vez. Torne cada derrota um aprendizado, para acertar no futuro.